• LOGIN
  • Nenhum produto no carrinho.

INFORMAÇÕES SOBRE A ESCOLA PARA VIDA

A HISTÓRIA DA ESCOLA PARA VIDA por Paulo Pegado – Vale a pena ler …

 

A ESCOLA PARA VIDA é o produto do sonho de um ser humano que sempre se percebeu “fora da curva”, proativo, corajoso, autoconfiante, observador atento e questionador, que desde a infância, vivendo intensamente, lidando com inúmeros desafios, errando, se arrependendo e procurando se corrigir e acertar, buscou respostas para questões que estimulavam sua curiosidade. Por conta disso, decidiu ser médico, acreditando na possibilidade de um dia ser capaz de esclarecer suas dúvidas e poder aliviar o sofrimento dos outros, tais quais os seus, de seus familiares, amigos e clientes.

Falar de si mesmo é complicado, mas o sujeito que está redigindo esse texto, sou eu, Paulo Pegado, fundador da ESCOLA PARA VIDA, a partir de agora, ao seu dispor.

Como eu, você já pensou nessas questões?

  • DEUS EXISTE? É UM OU SÃO VÁRIOS? QUEM É OU SÃO? É POSSÍVEL NOS RELACIONARMOS COM DEUS? COMO?
  • QUAL A ORIGEM DO SER HUMANO? O HOMEM É DESCENDENTE DO MACACO?
  • O QUE ACONTECE APÓS A MORTE?
  • VERDADE ABSOLUTA EXISTE? O QUE É VERDADE? COMO CONHECÊ-LA?
  • O QUE É A VIDA? É UM JOGO? UM JOGO QUE TEM REGRAS? QUE REGRAS? TEMPORÁRIAS OU PERPÉTUAS?
  • O QUE É CERTO E ERRADO?
  • POR QUE EM DETERMINADOS MOMENTOS NOS COMPORTAMOS COMO ANIMAIS PRIMITIVOS?
  • POR QUE UNS PERCEBEM E SE ARREPENDEM DE SEUS ERROS E OUTROS NÃO?
  • POR QUE AS PESSOAS ADOECEM?
  • EXISTE UMA CAUSA BÁSICA PARA TODAS AS DOENÇAS?
  • POR QUE TANTOS SERES HUMANOS MORREM PRECOCEMENTE?
  • POR QUE EXISTEM PESSOAS BOAS E OUTRAS MÁS
  • QUAL A ORIGEM DO MAL?

Então, foi assim que aconteceu: Fui cursar Medicina e formei em 1975 na Universidade Federal Fluminense.  Por uma série de motivos pessoais e familiares, comecei a carreira com o firme propósito de desenvolver um novo modelo de prática médica, voltado basicamente para o desenvolvimento da saúde, uma MEDICINA DA SAÚDE.

Esse novo modelo de MEDICINA DA SAÚDE é diametralmente oposto ao modelo da medicina oficial, focada no diagnóstico e tratamento das doenças, ensinado na faculdade. Viver “nadando contra a corrente”, não é fácil. É desafiador, mas também divertido. Sempre acreditei que vale a pena arriscar. Até o momento, apesar dos inúmeros erros que procurei corrigir, Deus me garantiu retorno positivo.

Praticar e promover a MEDICINA DA SAÚDE era inconcebível naquela época, mas atualmente essa prática começa a ser reconhecida como válida.

Muita gente, incluindo profissionais de saúde, ainda confundem MEDICINA DA SAÚDE com MEDICINA PREVENTIVA, mas suas práticas diferem bastante. A MEDICINA PREVENTIVA, por meio de check-ups e exames periódicos, se propõe a interferir nos FATORES DE RISCO presentes e fazer diagnóstico e tratamento precoce de doenças. A MEDICINA DA SAÚDE vai além, se propondo basicamente a EDUCAR o ser humano, de tal modo, que ele se sinta estimulado e orientado a desenvolver a sua QUALIDADE PESSOAL em todas as suas dimensões, tornando-se capaz de autogerir a sua SAÚDE.

Depois de praticar a MEDICINA DA SAÚDE por mais de 40 anos, atento aos seus limites, aos fatos e dados que evidenciam uma deterioração significativa da qualidade da educação, que serve de base para a saúde, percebendo as necessidades e tendências do mercado, com o mesmo espírito observador, empreendedor e pioneiro, resolvi investir em uma nova inspiração, promovendo mais uma mudança de paradigma, não mais na área médica, mas agora na área da EDUCAÇÃO, que estudo há mais de 35 anos.

COMO E QUANDO SURGIU A IDEIA DA ESCOLA PARA VIDA

Comecei a peregrinação voltada contra a corrente oficial da medicina da doença em 1973, no Centro de Pesquisas e Prevenção de Doenças Cardiovasculares da Fundação das Pioneiras Sociais, ainda como estagiário. Fiz carreira nessa instituição e no final de 1979, já como Superintendente Geral, pedi demissão e empreendi uma clínica privada dedicada à missão de promover a saúde.

Essa Clínica de Medicina Preventiva, instalada em Botafogo, Rio de Janeiro, foi a primeira e única do Brasil, franqueada pelo Dr. Kenneth H. Cooper, fundador da COOPER CLINIC, AEROBIC CENTER, Dallas, Texas, líder mundial na prática da Medicina Preventiva, com uma metodologia ajustada à prática não apenas da medicina preventiva, mas também, da medicina da saúde.

Como era uma novidade na época, em uma entrevista à REVISTA VEJA, fui referenciado como médico pioneiro no uso do computador para armazenar e pesquisar dados médicos dos clientes desde 1979.

Ao utilizar o computador como instrumento de trabalho, passei a dispor de um banco de dados próprio, que contem registros do perfil de qualidade de vida e estresse de mais de 170 mil pessoas, incluindo dirigentes e colaboradores das mais de 85 empresas clientes do nosso modelo de programa VIVER MELHOR voltado à promoção da QUALIDADE PESSOAL, GESTÃO DO ESTRESSE, QUALIDADE DE VIDA E SAÚDE.

A maioria dos nossos clientes de consultório particular são líderes, presidentes, diretores e gestores das grandes organizações corporativas que contratam serviços de consultoria em MEDICINA DA SAÚDE com foco em GESTÃO DO ESTRESSE e LONGEVIDDE.

Como o perfil de hábitos de vida desses clientes de nível estratégico, de um modo geral é adequado, porque são pessoas esclarecidas, bem-educadas e com alto poder aquisitivo, o fator de risco comum nessa população, sempre foi o ESTRESSE, em geral relacionado à carga de responsabilidade inerente às decisões que tomam no seu dia-a-dia.

Por conta disso, a partir de 1980, passei a ser convidado por clientes presidentes de empresas, a participar das suas reuniões periódicas de planejamento estratégico, como consultor em GESTÃO DO ESTRESSE, com a atribuição de, juntamente com a área de RH, desenvolver ações capazes de minimizar o estresse das mudanças implementadas a partir das decisões ocorridas nessas reuniões.

A partir desse trabalho sistemático de consultoria em GESTÃO DO ESTRESSE, acabei confirmando na prática a minha tese, de que as pessoas bem preparadas – essas que têm desenvolvidas as competências básicas necessárias ao enfrentamento dos seus desafios, seja qual for a sua atividade, cargo ou função – sofrem muito menos estresse, que as pessoas da mesma faixa de idade e sexo, que carecem daquelas competências e estão despreparadas para fazerem escolhas sensatas e viverem com tranquilidade.

Para compreender melhor as relações entre ESTRESSE e COMPETÊNCIAS, comecei a pesquisar e estudar que competências são essas, que quando estão subdesenvolvidas, acabam deixando o indivíduo mais vulnerável a fazer escolhas erradas e sofrer estresse e suas consequências.

Importante destacar que as consequências do estresse crônico são extremamente nocivas à saúde, porque o estresse, além do seu próprio potencial agressor, também guarda relação de causa e efeito com  outros fatores de risco, como o sobrepeso, a hipertensão arterial, a diabetes, o excesso de gorduras no sangue, o sedentarismo, o déficit de sono, o tabagismo, o alcoolismo, o consumo de drogas, incluindo as ilícitas.

A partir do momento em que essas competências essenciais ficaram absolutamente evidentes, a formulação do nosso conceito de QUALIDADE PESSOAL se expandiu e as absorveu, surgindo assim a ideia de empreender a ESCOLA PARA VIDA, com a missão de orientar o desenvolvimento dessas competências que, de um modo geral, nem as famílias, nem as igrejas, nem as escolas, nem as empresas, nem a mídia, nem os artistas, nem os poetas, nem os autores de filmes e livros têm conseguido promover junto a seus respectivos clientes.

O projeto de empreender a ESCOLA PARA VIDA surge em 2016, não para competir com a EDUCAÇÃO FAMILIAR, nem com o ENSINO ESCOLAR, nem RELIGIOSO, ou com o TREINAMENTO CORPORATIVO, mas para complementá-los, contribuindo para a formação de seres humanos mais lúcidos, buscadores da verdade, sujeitos à liderança de Deus, cultos, inteligentes, capazes de transcender, viver, conviver e realizar seus sonhos com amor ao próximo e sabedoria.

Aos 68 anos de idade, depois dos últimos 3 anos de muito trabalho não remunerado “full life”, questionado pelos familiares e amigos, investindo recursos da família no projeto, vivendo como todos os brasileiros de bem, experimentando os efeitos colaterais nocivos da revolução cultural promovida por líderes psicopatas, igualmente exposto às consequências da maior crise moral, institucional e econômica da história do Brasil, sobrevivendo de fé e esperança, sem qualquer apoio de investidores,  finalmente, depois de conquistar a adesão de parceiros igualmente idealistas que acreditaram na visão e fazem parte da equipe que vem desenvolvendo o projeto, graças a Deus, o sonho do lançamento da ESCOLA PARA VIDA está se realizando.

No início de  2019 a ESCOLA PARA VIDA será lançada na internet, no site www.escolaparavida.com.br

 

PROPOSTA

 

A proposta de EDUCAÇÃO CONTINUADA da ESCOLA PARA VIDA é complementar a educação familiar, a educação religiosa, o ensino escolar e o treinamento corporativo, com o objetivo de aumentar o potencial de QUALIDADE DE VIDA, SAÚDE, CRIATIVIDADE, PRODUTIVIDADE, EMPREGABILIDADE, REMUNERAÇÃO, SUSTENTABILIDADE e LONGEVIDADE dos seus alunos.

 

MISSÃO

 

A missão da ESCOLA PARA VIDA é orientar o processo de desenvolvimento permanente das múltiplas competências vinculadas às quatro dimensões da QUALIDADE PESSOAL, que de um modo geral, nem a EDUCAÇÃO FAMILIAR, nem o ENSINO ESCOLAR, nem a CAPACITAÇÃO EMPRESARIAL têm conseguido desenvolver.

Desse modo, a contribuição social da ESCOLA PARA VIDA é a formação de verdadeiros SERES HUMANOS, PENSADORES, CRIATIVOS, PRODUTIVOS e SUSTENTÁVEIS, SUJEITOS À VERDADE, SÁBIOS e BEM SUCEDIDOS ao exercerem seus papéis de LÍDER, CÔNJUGE, PAI/MÃE, FILHO/A, IRMÃO/Ã, AMIGO/A, PROFISSIONAL E CIDADÃO/Ã com AMOR, ÉTICA e JUSTIÇA.

 

QUALIDADE PESSOAL

 

O conceito de QUALIDADE PESSOAL idealizado originalmente em 1979 pelo fundador da ESCOLA PARA VIDA, Dr. Paulo Pegado, depois de evoluído e atualizado, passou a ser o seguinte:

QUALIDADE PESSOAL de um ser humano é um conjunto de características, competências e virtudes pessoais, que diferenciam os indivíduos entre si e determinam o potencial de qualidade de vida, saúde, criatividade, produtividade, empregabilidade, remuneração, sustentabilidade e longevidade de cada indivíduo.

A QUALIDADE PESSOAL se manifesta nas seguintes QUATRO DIMENSÕES:

 

  1. Dimensão TRANSCENDENTAL – Inclui um conjunto de características, competências e virtudes relacionadas às capacidades de PERCEBER A SUA ORIGEM, COMPREENDER O “JOGO DA VIDA”, DISCERNIR E ESCOLHER com SABEDORIA;

 

  1. Dimensão INDIVIDUAL – Inclui um conjunto de características, competências e virtudes relacionadas às capacidades de lidar consigo mesmo, SE PREPARAR, SE CUIDAR E VIVER com SABEDORIA;

 

  1. Dimensão SOCIAL – Inclui um conjunto de características, competências e virtudes relacionadas às capacidades de lidar com outros seres humanos, CONVIVER, AMAR E SERVIR com SABEDORIA;

 

  1. Dimensão ECONÔMICA – Inclui um conjunto de características, competências e virtudes relacionadas à capacidade de lidar com coisas e recursos de modo sustentável, como GERIR, EMPREENDER, REALIZAR E PROSPERAR com SABEDORIA.

 

Por intermédio de um programa básico de educação continuada e formação de multiplicadores, que contém 13 SEMINÁRIOS essenciais, a ESCOLA PARA VIDA se propõe a orientar o desenvolvimento dessas quatro dimensões da QUALIDADE PESSOAL ao longo da vida.

X